Inteligência Artificial é tudo e nada ao mesmo tempo. Um termo amplo que impulsiona a imaginação sobre o futuro. Todos os dia eu encontro diversas matérias e reportagens sobre IA na mídia, alguma boas e aprofundadas, mas a maioria ainda é positivista e reducionista, que coloca toda a área de IA – múltipla e complexa – em apenas uma caixinha.

Por ser um pesquisador, eu sempre busco entender o estágio atual do desenvolvimento tecnológico – o que por si só não é trivial – para encontrar os sinais que podem transformar as diferentes sociedades. Hoje, muita gente fala em Singularidade e Inteligência Artificial Geral (AGI) como se fossem nossa realidade. Tudo especulação.

O que temos hoje são aplicações de machine learning capazes de trazer eficiência e novas descoberta nos mais diversos contextos, como saúde, segurança e educação, mas que ao mesmo tempo geram novos desafios de governança – transparência, explicação, não-discriminação, fairness e accountability são apenas alguns exemplos. A Inteligência Artificial is the new black, está em todo o lugar, mas o curioso é que ainda não a entendemos muito bem.

Leave A Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *